World Council of Churches

O Conselho Mundial de Igrejas é uma comunhão global que busca a unidade, o testemunho comum e o serviço.

Você está aqui: Entrada / Documentos / Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos / Subsídios para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2015

Subsídios para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos 2015

Jesus lhe disse: Dá-me de beber! (João 4,7) O gesto bíblico de oferecer água a quem chega, como forma de acolhida e partilha, é algo que se repete em todas as regiões do Brasil. O estudo e a meditação propostos neste texto para a Semana de Oração têm o objetivo de ajudar as pessoas e comunidades a perceber a dimensão dialogal do projeto de Jesus, que chamamos de Reino de Deus.

2014-04-15

Jesus lhe disse: Dá-me de beber!

(João 4,7)

Preparado e publicado em conjunto pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e a Comissão Fé e Constituição do Conselho Mundial de Igrejas.

Os dois organismos que se responsabilizam pela Semana de Oração convidaram o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) para preparar os materiais para a Semana de Oração de 2015. O CONIC indicou um grupo de trabalho formado por representantes  das Igrejas que são seus membros plenos e de organizações ecumênicas afiliadas para produzir o material. O grupo de trabalho se reuniu em fevereiro e março de 2013 e completou seu trabalho em julho. O Comitê Internacional designado pelos dois organismos responsáveis se reuniu de 22 a 27 de setembro em São Paulo, Brasil, para finalizar a preparação do material

O gesto bíblico de oferecer água a quem chega (Mt 10,42), como forma de acolhida e partilha, é algo que se repete em todas as regiões do Brasil. O estudo e a meditação propostos neste texto para a Semana de Oração têm o objetivo de ajudar as pessoas e comunidades a perceber a dimensão dialogal do projeto de Jesus, que chamamos de Reino de Deus.

Adaptando o texto

Este material é oferecido com a compreensão de que, sempre que possível, será adaptado para uso em situações específicas locais; Deve-se levar em conta a prática litúrgica e devocional, bem como o conjunto do contexto social e cultural. O ideal é que essa adaptação seja feita de forma ecumênica. Em alguns lugares já existem estruturas ecumênicas para a adaptação deste material; em outros, esperamos que a necessidade de adaptação venha a ser um estímulo para a criação de tais estruturas.

Download : WPCU2015en.pdf