World Council of Churches

O Conselho Mundial de Igrejas é uma comunhão global que busca a unidade, o testemunho comum e o serviço.

Você está aqui: Entrada / Documentos / Assembléia do CMI / Porto Alegre, 2006 / Mensagem da 9ª Assembléia (final)

Mensagem da 9ª Assembléia (final)

"Deus, em tua Graça, transforma o mundo" - Mensagem da 9ª Assembléia do Conselho Mundial de Igrejas: Um convite à oração

2006-02-23

The following message was presented to and approved by the Assembly through consensus.

"Deus, em tua Graça, transforma o mundo"

Mensagem da 9ª Assembléia do Conselho Mundial de Igrejas: Um convite à oração

Irmãs e irmãos, Saudamos vocês em Cristo. Como representantes de igrejas de todas as regiões do mundo estamos congregados em Porto Alegre, Brasil, na primeira década do terceiro milênio e na primeira assembléia do Conselho Mundial de Igrejas realizada na América Latina. Fomos convidaos aqui a unir-nos numa festa da vida. Estamos orando, refletindo sobre as Escrituras, lutando e alegrando- nos em nossa unidade e diversidade e procurando ouvir-nos mutuamente com atenção no espírito do consenso.

Reunidos em Fevereiro de 2006 somos alertados pelos participantes da Assembléia dos gritos que se levantam diariamente em seus países e em suas regiões devido a desastres, conflitos violentos e situações de opressão e sofrimento. Mas também somos autorizados por Deus a dar testemunho visando a transformação na vida pessoal, nas igrejas, na sociedade e no mundo como um todo.

Desafios específicos e chamados à ação estão sendo comunicados às igrejas e ao mundo nos relatórios e nas decisões da Assembléia, como o desafio à unidade cristã, a convocação a renovar o compromisso com a Década de Superação da violência (2001 a 2010) que está a meio caminho, o discernimento de meios proféticos e programáticos para alcançar justiça econômica global; engajamento no diálogo inter-religioso; a plena participação de mulheres e homens de todas as gerações, e posicionamentos conjuntos dirigidos às igrejas e o mundo a respeito de assuntos públicos.

O tema desta Nona Assembléia é uma oração, "Deus, em tua graça, transforma o mundo!". Na oração o nosso coração é transformado, portanto oferecemos a nossa mensagem como oração:

Deus, em Tua graça,
pelo amor do teu Filho Jesus Cristo e o sopro do Espírito Santo,
Tu crias e sustentas o Teu universo.
Deus da graça, juntos nos voltamos a Ti em oração, porque és Tu quem nos une:
És o Deus uno - Pai, Filho e Espíritop Santo - em quem cremos,
Somente Tu nos dás força para fazer o bem,
e nos envias para toda a terra em missão e serviço em nome de Cristo.

Confessamos diante de ti e de toda a gente:
Fomos servos indignos.
Temos usado mal a e abusado da criação.
Nos ferimos mutuament através de divisões em todo lugar.
Falhamos muitas vezes em agir decididamente contra a destruição ambiental, pobreza, racismo, divisão em castas, guerra e genocídio.
Não somos apenas vítimas, mas também agentes de violência.
Em tudo não conseguimos ser discípulos de Jesus Cristo que em sua encarnação veio a salvar-nos e ensinar-nos como amar.
Perdoa-nos, Deus, e ensina-nos a perdoar-nos mutuamente.

Deus, em tua graça, transforma o mundo!

Deus, ouve os gritos de toda a criação,
os gritos da água, do ar, da terra e todos os seres vivos;
os gritos de todas as pessoas que são exploradas, marginalizadas, abusadas e vitimadas,
todas as pessoas que são espoliadas e silenciadas, a sua humanidade ignorada,
todas as pessoas que sofrem de alguma forma de doença, da guerra

e dos crimes dos arrogantes que fogem da verdade,
distorcem a memória e negam a possibilidade da reconciliação.
Deus, conduz todas as pessoas que exercem autoridade a tomarem decisões de integridade moral.

Deus, em tua graça, transforma o mundo!

Damos graças por Tuas bênçãos e sinais de esperança que já estão presentes no mundo,
entre pessoas de todas as idades e nas que antes de nós andaram na fé;
nos movimentos de superar a violência em todas as suas formas, não apenas por uma década, mas para sempre;
nos diálogos profundos e abertos que começaram tanto em nossas próprias igrejas e com gente de outra fé na busca por compreensão e respeito mútuos:
em todas as pessoas que trabalham juntos por justiça e paz - tanto em circunstâncias excepcionais quanto no dia a dia.
Agradecemos-Te pela Boa Nova de Jesus Cristo e a certeza da ressurreição.

Deus, em tua graça, transforma o mundo!

Que as nossas orações, pelo poder e a orientação do teu Santo Espírito, ó Deus,
nunca sejam palavras vazias,
mas uma resposta urgente a Tua palavra viva -
em ação não-violenta e direta em favor de mudanças positivas,
em atos específicas arrojadas e claros de solidariedade, liberação, cura e compaixão,
Prontamente compartilhando as boas novas de Jesus Cristo.
Abre os nossos corações para que amem todos ospovos e vejam que são feitos à Tua imagem, e para que cuidemos da criação e fortaleçamos a vida em toda a sua diversidade admirável.

Transforma-nos na oferta de nós mesmos para que sejamos Teus parceiros na transformação,
lutando pela unidade plena e visível da uma Igreja de Cristo,
tornando-nos vizinhos para todos,
enquanto aguardamos com ansiosa saudade a plena revelação do Teu reino
na vinda de um novo céu e uma nova terra.

Deus, em tua graça, transforma o mundo. Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.